quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Se calhar estás a fazer tudo certo...

Todos os meses é a mesma coisa, o salário vai embora muito antes da hora. Este fenômeno sempre me fascinou, e acredito que fascina a muita gente. Como é que algo tão querido consegue desaparecer em tão pouco tempo.
A questão que fica no ar é sempre a mesma... o que ando a fazer de errado?


Para responder a esta questão, começamos a andar atrás dos poucos recibos que temos na carteira, espalhados pela casa... vamos atrás do extracto bancário - Se fores como eu, começas logo a acusar o banco de ter roubado dinheiro, só que depois lembras que afinal não é roubo, gastaste sim aquele valor.

Depois de analisarmos todos os factos desorganizados, chegamos a conclusão que este mês tal como os outros, tentamos fazer tudo direito, nem andamos em compras desnecessárias, desta vez nos comportamos direito, mas... o que foi que aconteceu? Será que estou destinado(a) a não ter dinheiro? Porque será que isto sempre acontece?

Há aqui uma grande probabilidade de estares a gastar mal o teu dinheiro, essa hipótese é o tema de debate de quase todos textos sobre Finanças Pessoais, por isso que hoje não quero tocar nisso... hoje quero pôr a hipótese de estares a fazer tudo certo... sim, é isso mesmo... e se estiveres a fazer tudo certo?

Uma coisa que explico muito bem no curso, é como saber ao certo quanto dinheiro precisamos para sobreviver num mês. Se tu não sabes quanto precisas para sobreviver, como é que podes dizer que estás a gerir mal o teu dinheiro? Pode-se dar o caso de estares a ganhar menos do que necessitas para viver num mês. Pode também ser o caso de teres o teu nível de vida muito mal ajustado a tua realidade. Ou seja, se calhar, a tua organização financeira está no ponto, só que não tens nenhum ponto de referencia, um ponto base, um ponto de partida!!

É por isso que sempre que dou Coaching, obrigo as pessoas a elaborarem um orçamento, assim os dois iremos saber ao certo quanto é que a pessoa precisa para viver.
Toda gente que passa pelo curso, "pensa" que sabe fazer um orçamento, até eu explicar como é que faço o meu, e aí ouço sempre "Afinal... se soubesse isso já seria rico" ou "É por isso que o meu nunca dava certo"

Quero pôr a hipótese de os teus skills em lidar com dinheiro estejam em dia, simplesmente não tem uma base por onde se guiar, daí que o dinheiro não chega ao final do mês. Se calhar, realmente, ganhas menos do que necessitas. Mas atenção, não vale usar esta desculpa, antes de saberes ao certo, quanto precisas para sobreviver.

Quando descobres quanto dinheiro realmente precisas para viver um mês, tudo fica mais claro, a tua vida profissional ganha também mais claridade, porque saberás se tens que começar a pensar em procurar um outro emprego, ou arranjar formas alternativas de gerar renda.

Não corras atrás de dinheiro que não precisas, mas para tal, tens que saber ao certo, quanto dinheiro tu realmente precisas!!

PS - Uma das principais causas para o endividamento é o facto de as pessoas não saberem quanto dinheiro precisam para sobreviver, então têm tendência de gastar mais do que ganham!!

Até ao próximo episódio

Sem comentários:

Enviar um comentário