segunda-feira, 4 de setembro de 2017

A meu ver o melhor truque para poupar

Ah... poupança... o calcanhar de Aquiles de muita gente.
É incrível, como toda gente quer poupar. Ainda não conheci uma pessoa que me dissesse que não gostaria de ter algum dinheiro poupado.
Mas se todos querem, porquê que não conseguem poupar? Simples, porque nunca pouparam.
Eu sei, as vezes escrevo coisas um bocado básicas demais, mas, não deixam de ser verdade. É mesmo isso, as pessoas não conseguem poupar porque nunca pouparam. Como é que é suposto tu saberes fazer algo que nunca fizeste?

Sabes pilotar avião? - No caso de saberes, essa pergunta não era para ti.
Sabes criar uma bomba atómica? - No caso de saberes, não abras nenhum blog a ensinar isso as pessoas.
Já percebeste a ideia não é, se nunca fizeste, óbvio que não sabes fazer. 
Esse é o primeiro ponto, agora vamos ao segundo ponto, que é, Ok, não sei poupar, mas li umas dicas de poupança, tentei aplicar, porém passado pouco tempo desisti. Como é que explicas isso espertinho?
Simples, porque não o fizeste tempo suficiente para virar um hábito. Lidar com dinheiro não tem nada a ver com inteligência, senão eu não teria conseguido escrever o Chega de Andar Tchonado. Lidar com dinheiro tem a ver com comportamento, hábitos, emoções. E poupar dinheiro é um simples hábito, se nunca o cultivaste ou nunca o repetiste vezes o suficiente para ficar enraizado, óbvio que não vais conseguir poupar. E a melhor parte disto tudo, é que quando TU não consegues criar o hábito, dizes que os métodos de poupança é que não funcionam.
É sempre culpa dos métodos, tu nunca és culpado(a) de nada... nuuuunca, fazes tudo direitinho, o método é o problema, então ficas sempre a procura do próximo método que irá revolucionar completamente a tua forma de poupar... pois, deixa-me dizer-te, só por um milagre é que irás encontrar esse método.
Agora a parte engraçada... meu nome do meio é Milagre. - Meus pais nunca me explicaram o porquê, e nesta altura do campeonato já tenho medo de perguntar.
Eu trago o método miraculoso. Roubei este método do INSS. - Visto que eles também já me desviaram algumas contribuições, é justo.
O INSS, tem um sistema que obriga-te a poupar, quer tu queiras quer não. O sistema deles é tão perfeito e funciona porque não necessita de intervenção tua. Sim, tu é que és o elo mais fraco no processo de poupar o teu dinheiro, então o INSS remove-te da equação. Sem rodeios, eles basicamente tiram dinheiro do teu salário, antes de ele sequer cair nas tuas mãos. São os primeiros a receberem. Tu não tens influencia nenhuma nesse processo, é só ver e calar a boca.
Esse é o segredo, se não tens hábito de poupar, o melhor é nem sequer te preocupares com isso, passa essa dor de cabeça para outra pessoa, neste caso particular, o banco.

Automatiza a tua poupança
Só tens que saber mais ou menos quando normalmente cai o teu salário, depois dás uns 3 dias de tolerância, então com essa data em mente, vai falar com o teu gestor de conta e pede para montarem um sistema que automaticamente tira um certo valor da tua conta nessa data, e põe numa outra conta, que deve ficar a prazo... voilá.
É só isso, torna a tua poupança automática, e passa a viver como se aquela parte do salário que é cortada não existisse, contenta-te com o resto. A conta para onde vai a poupança deve estar a prazo e não podes ter cartão, nem livro de cheques. O objectivo é não conseguires ter acesso a ela tão facilmente. Simplesmente esquece que aquela conta existe, esquece que o banco faz as transferências automáticas, passa a fazer o teu orçamento excluindo o valor que irá para poupança.
Não terás que mudar nada na tua vida, continua a fazer o sempre tens feito, e terás a tua poupança garantida.
Ah mas o banco cobra taxas para fazer isso!!
A sério que vamos sequer debater esse assunto? Querias que eles fizessem esse trabalho de borla? O dinheiro que vais conseguir acumular, acredita que vai fazer valer a pena as taxas que irás pagar, porque caso contrário, se fosses tu a fazer, é bem provável que não terias dinheiro nenhum poupado. Óbvio que deves sim negociar o máximo estas taxas.
 
Este é o método que recomendo para ti, simples, porém eficaz.
Até ao próximo episódio...

1 comentário: