terça-feira, 13 de junho de 2017

Dieta Financeira

Lembram-se quando começaram a trabalhar, daquele primeiro salário minúsculo que nem dava para passar um fim de semana como deve ser? Lembram-se disso?

Naquele tempo, por mais incrível que pareça, o salário, com muito custo e sacrifício, conseguia levar-nos até o fim do mês. Porém, passou-se algum tempo e recebemos um aumento, ou mudamos para um emprego em que o salário é maior, e subitamente, o dinheiro já não chegava para nada. Conhecem esta sensação? Eu conheço muito bem, tanto que foi por isso que decidi estudar esta questão das finanças pessoais.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Sacrifício

Quando falo de Finanças Pessoais, as vezes noto que dou a impressão que é tudo um mar de rosas. É só poupar, investir, fazer orçamento e tcharaamm... já está.
Meus amigos, não é só isso não, saber lidar com dinheiro, implica sacrifício, muito sacrifício mesmo. Ter de abdicar de muita coisa em prol de uma vida estável. Quando comecei a dar os meus primeiros passos, foi um inferno, tive que confrontar a mim mesmo e ser brutalmente honesto, aceitar que andava a fazer as coisas erradas e estava na hora de mudar.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Para ser feliz, é preciso ter coragem

Estava no carro a ouvir um audiobook do Earl Nightingale (um guru do Desenvolvimento Pessoal), e ele disse algo muito interessante.
"Para ser feliz, é preciso ter coragem. Ser infeliz não requer coragem, é só ir levando a vida sem esforço nenhum dia após dia, porém para ser feliz é preciso decidir que temos que fazer algo de forma a criar tal felicidade"

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Corina e a árvore mágica!!

No dia 30 de Novembro de 2015, fui um dos oradores do Network Mulher, é um evento que a Essencial costuma organizar, a responsável por tudo é a Sra. Milva Santos, que para sempre serei grato por me ter convidado a discursar em tal palco.
Hoje estava a procura de um discurso e cruzei-me com o discurso que escrevi para tal evento. Li e gostei, então gostaria de partilhar com vocês. Da forma que está escrito pode as vezes soar estranho, mas escrevi que era para ser um discurso oral, e não para ser lido. Porém não fiz nenhuma alteração, para não estragar. No futuro, voltarei a este discurso, irei trabalha-lo de forma a tornar-se num bom conto que acredito que devia ser contado a toda gente.
Só mais uma coisa, sempre que encontrarem, "TRIIIIIMMMMMM...", é o som de um alarme, no dia do evento usei meu telemóvel para emitir este som. 
Boa leitura!

terça-feira, 14 de março de 2017

Será que devo guardar dinheiro no banco?

Eu adoro quando este tema vem a baila, porque o que ouço da maioria das pessoas é o seguinte "Guardar dinheiro no banco é perca de tempo, é até burrice, porque as taxas de juro são muito baixas, e o dinheiro está sempre a desvalorizar, mais vale investir."

terça-feira, 7 de março de 2017

O que resolve problemas de dinheiro?

Não tenho que começar por dizer que toda gente tem problemas de dinheiro, isso é um dado adquirido. Sei que estás a pensar que só os pobres têm problema de dinheiro, mas não, os ricos também têm problemas de dinheiro, mas não são os mesmos que os dos pobres, por exemplo, os ricos têm problema de excesso de dinheiro, ou seja, têm mais do que necessitam então devem saber o que fazer com o excedente, se o investem, guardam, doam, gastam, etc. Os ricos também têm problemas de relacionamentos, ou seja, não sabem se as pessoas a sua volta estão ali somente por interesses financeiros. Problemas são problemas, só quem os sente na pele é que sabe a sua dimensão.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Auto-disciplina é a chave da riqueza!!

"Auto-disciplina é a chave da riqueza!!

Quando li esta frase do Napolean Hill, fiquei um bocado perplexo, porque há por aí milhares de princípios sobre riqueza, sucesso, felicidade, porém o NH resumiu tudo em uma única frase. Não tenho bases para ir contra esta afirmação, realmente é muito óbvio, quem tem auto-disciplina consegue alcançar tudo que quiser. 

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Novo Ano, Nova Vida!

Adoro este lema que as pessoas têm acerca do novo ano.
Boas entradas para toda gente.
Não andei ausente, andei mais presente que nunca, a dar cursos e na palestra, ou seja, substitui a minha presença virtual, pela física. 
Muitos tiveram a oportunidade de estar comigo ao vivo nos cursos, e tenho a dizer que foi muito divertido e interessante, e óbvio que este ano haverá muitas mais edições do curso. Sem dúvida que veio para ficar.