segunda-feira, 22 de agosto de 2016

30 dicas de poupança que devias saber!!

Este artigo é diferente de todos que já escrevi, ou seja, nos outros eu sento, penso no tema, e desenvolvo a minha maneira, este não, este é uma espécie de colecção das melhores dicas de poupança que fui encontrando nas minhas pesquisas diárias. Para fazer esta primeira edição, revi mais de 200 dicas sobre poupança, escolhi as que fazem sentido e irei aqui partilhar. 

Irei pôr a dica, e depois por baixo uma breve explicação minha, quando necessário.


Sem mais demoras, sem dó nem piedade.. eis a lista.
Já me esquecia, se quiseres contribuir, deixa nos comentários, estou interessado em conhecer os teus "truques".
Outra coisa, já estão abertas as inscrições para o Curso de Finanças Pessoais, o formulário está aqui no lado direito, é só preencher e enviar. 

Agora sim... aqui vai a lista:

1. Trate a poupança como uma despesa
Quando fizeres o teu orçamento, ou a tua lista de despesas do mês, coloca nela o valor que vais poupar. Assuma a poupança com uma despesa.

2. Faça lista de compras
Sempre que fores as comprinhas, tenta sempre levar contigo uma lista do que vais comprar, e tenta não ir adicionando coisas. O ideal é até ter as quantidades exactas. Isto ajuda a poupar tempo e dinheiro. Eu me proíbo de entrar numa loja sem antes sabe exactamente o que vou lá comprar.

3. Utilize a calculadora
Não tenha vergonha! Hoje em dia todos os telemóveis e ‘smartphones’ têm calculadoras, por isso, para garantir que não ultrapassa o orçamento estipulado para as compras, vá fazendo as contas. Se estiver a atingir o limite, comece a cortar nos itens menos importantes.

4. Não compre só porque está em promoção
Nem sempre é boa ideia comprar um artigo só porque está com um desconto. Se adquirir um bem que não precisa só porque está com um bom preço, na realidade, não está a poupar, mas antes a gastar dinheiro desnecessariamente. 
Se não estava nos teus planos adquirir o bem, lá porque ficou em promoção não deve este como que por magia, passar a fazer parte dos teus planos.

5. Evite levar as crianças
Nem todas as pessoas têm a possibilidade de deixar as crianças com alguém, mas o ideal é não levá-las às compras. Além de tornarem as compras num momento stressante, acabam por pedir-lhe para comprar mais produtos do que aqueles que contava e, eventualmente, poderá acabar por ceder.
São fofinhas quando querem, mas conseguem ser pequenos "demónios".

6. Escolha um cesto em vez de um carrinho
É um truque para enganar a mente e levar à poupança: quando for às compras, prefira um cesto em vez do carrinho. Assim, mesmo que se sinta tentado a levar mais do que necessita, não terá espaço.
Vais reparar que os cesto são sempre muito pequenos, e os carrinhos muito grandes, não há nada num tamanho intermédio, e isso é feito de propósito. Ah e sem esquecer que com os cestos não podes ir até ao carro. Tudo desenhado de forma a fazer-te optar pelo carrinho, e como terás espaço, poderás comprar tudo e mais alguma coisa.



7. Planeie as suas refeições
Isto funciona da mesma forma que a lista de compras. Se tiveres um menu semanal, saberás o que deves comprar no supermercado. Também ajuda a evitar ter coisas armazenadas quem nem sabemos quando iremos usar... e muitas das vezes até se estragam.

8. Compare os preços de diferentes lojas
Antes de comprares um produto, convém consultares o preço em lojas diferentes. No mínimo 3 lojas. Assim ficas a par do preço do mercado, e aí terás bases para negociar.

9. Pede desconto... sempre
Sempre que fores comprar algo, ganha o hábito de pedir desconto. Ias ficar espantado com a quantidade de oportunidades que muita gente perde por ter medo de pedir desconto. Faz disso um teu hábito. Eu me desafio sempre a tentar pedir desconto nos sítios mais improváveis. Já o fiz na clínica, no Shoprite, a comprar crédito, na DSTV, enfim, se nunca pedires, nunca terás.

10. Compre artigos usados
Não falo de comprar roupa íntima usada... nada disso, há aquele tipo de artigos, que sinceramente, não há grande diferença entre novo o usado. Por exemplo, um carro, um telemóvel, uma TV, um relógio, enfim, se der para comprar usado, faça-o, a não ser que tenhas dinheiro para comprar um novo, aí, porque não? Mas mesmo que tenhas dinheiro, se achas que não há necessidade de comprar novo... que seja o usado.

11. Resista à tentação de comer constantemente fora
Com a correria dos dias de hoje, mais e mais, sobra tempo para parar e cozinhar, então é sempre mais "prático" comer fora, porém é mais dispendioso. Então resista a isso, e tente se organizar de forma a poder passar o máximo de refeições em casa.

12. Não deite comida fora!
Quem deita fora comida, devia ser levado ao tribunal para justificar o porquê. Se sobrou, guarde para o dia seguinte, não dói nada, não ficarás menos gente por isso. E se dás por ti a deitar fora comida porque ficou estragada, é sinal que andas a calcular mal as quantidades.

13. Reduza as despesas mensais fixas
Renda da casa, se puderes muda-te para uma mais pequena, porém barata
Será que precisas de todos os canais que tens? Eu te desafio a registares quantos canais na verdade tu realmente vês. Eu só vejo, STV, TVM1, Miramar, AXN e RTP... mas isso sou eu, e eu mal vejo TV.
Mete-me impressão pessoas que conseguem sair de um compartimento e deixar a luz acessa... não custa nada, saiu, apagou... não está a usar, desliga.

14. Filmes, CDs, Livros
Se só vais ver o filme 1 vez, estuda a hipótese de o alugar, pedir emprestado, enfim, não faz sentido comprar filmes para ver SÓ uma vez. O mesmo digo com CDs e livros. A não ser que tenhas a certeza que queres fazer uso abusivo, então não vale a pena comprar. (Eu preciso reler esta dica umas tantas vezes, porque não resisto a um bom livro, mas... ninguém é perfeito)

15. Deixe o carro em casa
Até hoje ainda não percebi porquê que gente que mora perto do trabalho, vai de carro. Quem me dera, seria uma oportunidade óptima para exercitar. Sempre que puder, deixe o carro em casa, vá a pé, de bicicleta (perfeito), vá de boleia, enfim, seja criativo.

16. Aproveite as ofertas culturais gratuitas
De vez em quando, alguns grupos culturais, organizam eventos cuja entrada é gratuíta. São oportunidades únicas para ter acesso a algo de valor, sem ter de pagar. Eu daqui a uns tempos também irei organizar uma palestra de Finanças Pessoais a custo zero. Para não ficares de fora, envia um email para mim, assim te adiciono na minha lista de contacto, domingos.mnovela@gmail.com.

17. Elimine todos os seus cartões de crédito
Se sabes que não consegues te controlar, então elimine a tentação. Pega na tesoura e clic, corta-os a meio, depois vá ao banco cancelar. Não vale a pena correr o risco.

18. Feche as torneiras
Ao lavar os dentes, as mãos, os pratos ou a roupa, não deixe a água a correr desnecessariamente. Por exemplo, quando estiver a lavar os dentes pode utilizar um copo e assim ajudar a diminuir o consumo de água desta tarefa.

19. Coloque uma garrafa no autoclismo
Ao colocar uma garrafa de água de 1,5 litros no autoclismo é possível reduzir o consumo, em média, 7.000 litros e, com isso, diminuir a conta da água. No entanto, verifique se a descarga resultante é suficiente, de modo a evitar duplas descargas.

20. Pinte as paredes e os tetos de cores claras
Este pequeno truque pode fazer a diferença na conta da eletricidade. Pintar as paredes e os tetos com cores claras, ajuda a refletir a luz natural e a evitar o uso da artificial.
Devia ter lido esta dica antes de pintar a minha casa. Mas da próxima não irei vacilar.

21. Privilegie as lâmpadas economizadoras
Evite as lâmpadas incandescentes. Apesar de serem mais baratas do que as restantes, apresentam maior consumo elétrico, porque deixam sair muito calor, e têm uma menor duração. Prefira lâmpadas de halogéneo, LED ou fluorescente, consoante a divisão da casa e a necessidade de iluminação.
Ao mesmo tempo irá livrar-se do stress de comprar lâmpadas todos meses.

22. Faça as contas antes de comprar um electrodoméstico
Se vai comprar um electrodoméstico procure adquirir um com etiqueta energética classe A. 
Nos electrodomésticos, tem sempre uma etiqueta que informa a classe energética. Os de classe A, gastam menos energia... opte sempre por estes.

23. Troque o forno pelo microondas
Sempre que possível, troque o forno pelo microondas, porque reduz o consumo de energia em cerca de 60 a 70%, para além de poupar tempo.

24. Não vás as compras com fome
Se for ao supermercado de barriga vazia, as hipóteses de comprar comida por impulso, que não necessita e que nem sempre são as escolhas mais saudáveis, é bastante superior.

25. Evite o ar condicionado no carro
O ar condicionado faz aumentar o consumo de combustível, por isso, procure utilizá-lo com alguma parcimónia. Uma dica para não ter de o ligar sempre é tentar estacionar à sombra, para evitar o sobreaquecimento. 

26. Desligue os dados móveis
Conhecimento é poder. Saiba o que consome mais dados móveis e evite fazê-lo, exceto quando está ligado ao Wi-Fi. Lembre-se: se não quer utilizar dados sem saber (atualizações de ‘apps’ ou notificações das redes sociais), desligue os dados móveis sempre que não está a utilizar o telemóvel.

27. Inclua o lazer no orçamento
Quando fizer o orçamento familiar, não se esqueça de incluir uma parcela para o lazer, que é fundamental. Caso contrário, vai acabar por gastar muito mais dinheiro do que tencionava.

28. Planeie as férias (e festas) com antecedência
Se não quer ceder na altura em que vai tirar férias e pretende ir na época alta, então, um truque para poupar dinheiro é começar a planear o quanto antes. O ideal é ter tudo marcado em janeiro as férias para gozar em agosto, por exemplo.
Usei este truque no ano passado, e em Dezembro, enquanto andava tudo stressado por causa das festas, eu estava bem relaxado com muito mais do que precisava.

29. Tenha um estilo de vida saudável
Comer bem, praticar desporto e evitar alguns comportamentos de risco (fumar, excesso de peso, consumir drogas ou álcool em excesso) ajudam não só a baixar o preço do seguro de saúde, como ainda a reduzir as despesas com saúde. Poupa a dobrar. 

30. Invista no seu conhecimento
Compre livros sobre poupança, vá a workshops e seminários que falam sobre o tema. Pesquise mais dicas na internet.
E porque não, participe no meu Curso de Finanças Pessoais.

Obrigado, até ao próximo episódio

9 comentários:

  1. Domingos,
    Gostei de todas as dicas, mas esclareça-me umas dúvidas,
    1. Para pessoas como (eu), que tem mais de 2 filhos, como faria para poupar e dá-los uma vida excepcional, refiro-me a planos de saúde, escola, vestuário etc.

    2. Para poupar no consumo de abastecimento de combustível no carro, acha viável o uso de cartão carregável de combustível?

    3.Como fazer plano de férias com antecedência, Se muitas vezes as agências em Janeiro pedem-nos adiantamento?

    4.Fale-nos de como poupar no material de construção.

    Cpts

    Mirza Jamal


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mirza.
      Óptimas perguntas que colocaste. O meu conselho é, resolveres por completo, esses e qualquer outro tipo de questão de finanças pessoais que possas ter, é inscrever-te numa das edições do curso. Lá encontrarás o que procuras!!

      Eliminar
  2. Pensando de onde tirar dinheiro para pagar o curso, embora seja acessível e dará benefícios vitais.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  5. Yah boa compilação, gostei muito.
    Me disculpe mas diz copy and paste, JA tenho o texto em word para me guitar sempre.
    Muita paz irmao.

    ResponderEliminar
  6. Yah boa compilação, gostei muito.
    Me disculpe mas diz copy and paste, JA tenho o texto em word para me guitar sempre.
    Muita paz irmao.

    ResponderEliminar
  7. Boa noite gostaria de aprender mais sobre poupança

    ResponderEliminar