segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Não lute para eliminar caprichos, mude de plano!!

Uma das "queixas" que mais ouço, é que ter as contas em dia é algo muito complicado, pois vivemos rodeados de tentações.
É algo que eu percebo perfeitamente, tanto que quando foi a minha vez de fazer essa mudança na minha vida, passei pelo mesmo.


É difícil de resistir a aquele sapato, a aquele telemóvel, aquele relógio, e aquela lanterna (eu sei, é estranho, mas eu sou um grande fã de lanternas, não consigo explicar, mas sempre que vejo uma lanterna cheia de funcionalidades, quero logo comprar).
Tive que fechar os olhos para muita coisa para conseguir organizar as minhas finanças. Isso é normal, não te preocupes com isso, acontece com toda gente, afinal foram muitos anos a viver de uma certa forma, não vais querer mudar da noite para o dia.

Só que algo engraçado aconteceu, depois de ter as contas organizadas, as tentações continuavam lá, e já tinha condições para as comprar... o que fazer?
Sabia que estava a entrar em terreno perigoso, que qualquer deslize ia abrir espaço para mais deslizes, e quando desse por ela, já não estaria a controlar os meus gastos, seria muito esforço feito em vão.



Foi então que decidi testar uma nova forma de gastar, ou seja, em vez de focar-me em não gastar, focar-me somente em eliminar compras desnecessárias, assim sobrava algum que daria para poupar e outra parte gastar com o que realmente gosto. Foi daí que tirei a ideia de criar um fundo em que mensalmente lá guardo dinheiro para quando me apetecer, usar nas tais coisas que gosto. 
Ou seja, a partir daí, não tive mais que lutar contra as tentações, simplesmente sabia que tinha um certo valor para poder cobrir o custo desses caprichos e não podia ultrapassar. Ou seja, já tinha dinheiro para comprar mais uma lanterna...

Afinal, a meu ver, não vale a pena viver uma vida insatisfatória em nome da boa gestão financeira. Se estás a gerir bem o teu dinheiro é sinal que conseguiste ver que gastar dinheiro em coisas que te fazem feliz, é essencial, desde que não ponha em causa os teus planos.

Então não façam disto um castigo, arranjem sempre espaço para poderem ter aquilo que sempre sonharam, por mais estranho e desnecessário que possa parecer. Desde que não se deixem enganar... um capricho é e sempre será um capricho.

Até ao próximo episódio

Sem comentários:

Enviar um comentário