terça-feira, 28 de julho de 2015

Comprar, construir ou arrendar uma casa?

Um dos nossos grandes dilemas é sem dúvida a habitação.
Não podia deixar de tocar neste assunto, afinal, o que dita esta decisão é o bolso. Não vale a pena estarmos aqui armados em "Ah eu decidi construir, porque estive a ver casas e nenhuma me agradou", ou "Estou a arrendar enquanto procuro a casa dos meus sonhos para comprar".

Vamos ser 100% realistas. O teu bolso tem grande participação nesta decisão.


Comprar
Até dói, só de ouvir isto. Poucas pessoas tem possibilidade de pagar na totalidade uma casa, normalmente quando fala-se em comprar um imóvel, precisa-se aqui de um parceiro... o banco.
Aqui é que as coisas ficam interessantes, porque se entra banco, é sinal que iremos ficar endividados, logo temos que pensar muito, muito bem, no que nos estamos a meter. Tens que perceber que a tua casa não é um investimento, logo, não precisas apostar tudo nela. Calma, deixa-me explicar-te, para saberes se algo é um investimento ou não, é só pensar assim, "Se eu perder emprego agora, o que é que irá meter algum dinheiro no meu bolso?". Óbvio que se não moras na casa, usas para arrendar, então torna-se sim um investimento. Já vi consultores a recomendarem o prazo de 15 anos para pagar este tipo de empréstimo, podes muito bem usar isso como referência.
No facebook gosto muito de passear pelos grupos onde aparecem casas a venda, e tenho a dizer que os preços são sensacionais, a sério, com que bases aquele pessoal estipula aqueles valores? 
Com calma irei um dia pegar nos mesmos valores e ver que tipo de casa consigo comprar nos EUA, ou na Europa. 
A melhor parte de comprar uma casa, é que não tens as dores de cabeça da próxima opção.




Construir
Eu sei, tu sabes, nós sabemos, é dose.
As escolas deviam a meu ver, ajustar o ensino à nossa realidade, deviam dar noções básicas de finanças pessoais e de construção civil. 
Não se assustem, é simplesmente a pura verdade, construir uma casa tem as suas particularidades, porém, fica mais barato que comprar uma pronta. Lá está, se calhar as casas prontas são caras, porque incluíram lá o custo da dor de cabeça que não teremos por construí-la. Construir dá sim dores de cabeça, mas não é nada que uma pessoa não consiga gerir, desde que tenha a seu lado pessoas já experientes na área. O erro de muita gente, também foi meu, é de não consultar profissionais. O teu pedreiro é um tipo porreiro e tal, mas muito cuidado na hora de entregar as rédeas da obra a ele. Queres construir, tens sempre a hipótese de trabalhar com uma empresa, se achas que fica caro, queres fazer sozinho, que é o que muita gente faz, ao menos procura ter a teu lado um profissional que irá ajudar-te, irá monitorar a tua obra. 
Pensa comigo, se nunca construíste na tua vida, o que é que te faz pensar que do nada, és construtor civil? Se engenheiros que já estão no mercado há anos, cometem erros, qual é a probabilidade de tu meteres água?
O mesmo se passa com finanças pessoais, se não tiveste lições de como gerir o teu dinheiro, como é que esperas, assim do nada ser um expert?



Arrendar
Vejo isto simplesmente como uma opção provisória. Sim, enquanto ganhamos estabilidade, e pensamos se devemos construir ou comprar, podemos sim optar pelo arrendamento. Não me venham com aquela história de que as rendas estão altas, não, isso é ver as coisas só por um prisma, o que eu acredito, é que o tipo de casa que queres, tem a renda alta, logo, se alterares o tipo de casa que queres, as condições que exiges, a renda sem dúvida que irá baixar. Só tens de ter paciência para procurar.
Financeiramente falando, não faz sentido pagar uma renda alta, porque é dinheiro que estás a "empatar" e podia muito bem ir para a compra/construção da tua casa.
Podes arrendar a vontade, desde que tenhas em mente que é uma situação provisória

Quando morava numa casa arrendada, tinha sempre medo de um dia perder emprego e automaticamente perder o tecto. Eu sei, sou paranoico, mas não deixa de ser verdade, há sim um risco associado com o arrendamento.

A opção é tua, só quero que te lembres de algo... casa não é investimento. Se perderes teu rendimento, não poderás comer a tua casa, porém terás onde dormir, o que é bom, mas dormir também não mata fome.

Até ao próximo episódio...

Sem comentários:

Enviar um comentário