terça-feira, 28 de julho de 2015

Comprar, construir ou arrendar uma casa?

Um dos nossos grandes dilemas é sem dúvida a habitação.
Não podia deixar de tocar neste assunto, afinal, o que dita esta decisão é o bolso. Não vale a pena estarmos aqui armados em "Ah eu decidi construir, porque estive a ver casas e nenhuma me agradou", ou "Estou a arrendar enquanto procuro a casa dos meus sonhos para comprar".

Vamos ser 100% realistas. O teu bolso tem grande participação nesta decisão.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

4 dicas para garantir que o teu orçamento funcione

"Orçamento não funciona"
"Não consigo fazer com que dê certo"
"É muito trabalhoso"

São queixas comuns que costumo ouvir quando o tópico é orçamento. É incrível que muita gente, nunca sequer já tentou sentar e fazer um orçamento, simplesmente ouve os pessimistas a falarem e acredita neles. 

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Antes de continuares com a tua rotina, tens de ler isto!

Olá pessoal.
Quero paresentar-vos dois amigos meus. O Carlos, jovem de 30 anos, gosta de curtir a vida. Do outro lado temos o António, também com 30 anos, também adora a vida e tem grandes planos para o futuro. Os dois trabalham na mesma empresa e ganham o mesmo, e fazem a mesma coisa.

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Por falar em Universidade - Parte 2

Repara no seguinte, quando esperas até surgir o gasto para começares a procurar dinheiro é sempre estressante, porque isso dá cabo de todos teus planos, do teu orçamento. O sensato é quando chegar a altura já ter todo dinheiro preparado.

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Por falar em Universidade - Parte 1

Ultimamente tenho ouvido pais a reclamarem que as Universidades hoje em dia estão caras, tem de se desdobrar para pagar as mensalidades. Concordo e discordo. 
Não há um preço alto quando se está a falar de educação, tal como Derek Bok diz, "Se achas que educação é cara, devias experimentar o custo da ignorância". 
Pondo essa conversa toda de lado, falando puramente em termos de dinheiro, SIM são valores deveras arrepiantes.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Riqueza

Era suposto estar a preparar a matéria para a aula de amanhã, mas este artigo está entalado na minha cabeça e não me deixa pensar em mais nada.

Riqueza mede-se em termos de Património Líquido (PL), ou seja, o somatário de todos teus Activos (A) (tudo aquilo que gera valor, por exemplo, Terrenos, Casa Arrendada, Empresa, Dinheiro, etc), subtraindo todos os Passivos (P) (tudo aquilo que tira valor, por exemplo, dívidas, prestação da casa e carro, impostos, etc), ou seja PL = A - P.
Isto sim é que dita a tua riqueza. 

Se queres começar a acumular riqueza, primeiro tens que apurar o teu PL, que é para saberes onde estás, só depois é que poderás traçar um plano para chegares onde queres chegar. Reparem que um milionário, não é quem tem 1.000.000,00 USD, é quem tem um Património Líquido de 1.000.000,00 USD.

Logo, para aumentar o nosso PL, temos que diminuir os nossos P e aumentar os nossos A. Gosto muito desta história de Finanças Pessoais, porque é muito simples, mas não é fácil, porém, não posso negar que é muito simples mesmo. Ou seja, o segredo para seres verdadeiramente rico, não é ter bens de luxo, mas sim comprar Activos e diminuir os teus Passivos.

Agora lanço o seguinte desafio para ti... Calcula o teu Património Líquido. 

PS - Se for menor que ZERO, quero que fiques a saber que és mais pobre que muitos mendigos que andam por aí, pois, eles ao menos, tem um PL = 0. Mas relaxa, já sabes o que tens de fazer... livra-te dos passivos.

quinta-feira, 2 de julho de 2015