quarta-feira, 18 de março de 2015

O que é que as pessoas irão pensar de mim?

Quando começo a dizer as pessoas o que devem alterar no seu estilo de vida se querem realmente tornar-se financeiramente competentes e eventualmente atingir independência financeira, noto algo no olhar das mesmas, é uma mistura de esperança e medo.
Esperança porque sabem que ao contrário do que pensavam, existe uma solução palpável e alcançável para os seus problemas.

Medo, porque para porem as suas contas em dia, terão de mudar o seu estilo de vida, e a grande questão que recai sobre eles é “O que é que as pessoas irão pensar de mim?


Todo ser humano está programado para viver em sociedade, e com isso também vem uma grande fraqueza, que é a procura pela validação social. Todos gostamos de saber que as pessoas a nossa volta reconhecem o nosso valor, e há certas coisas que fazemos somente com o objectivo de ganhar mais e mais validação social. (não vale a pena negar, as jantes do teu carro são para diminuir o consumo de gasolina e aumentar a estabilidade do carro não é? E esse telemóvel, vais mesmo usar mais de 30% das suas funcionalidades? E esse relógio, se quisesses só saber as horas usavas o telemóvel né?)

Podes nunca ter reparado nisto, mas tu és vítima desta validação social, claro que és, eu sou, Obama é, Tico Tico é, toda gente é, só que há pessoas que levam demasiado a “peito” esta história da validação social. Por isso que metem-se em gastos desnecessários para passar uma imagem que irá captar o máximo de validação possível, e é nesta tentativa de agradar terceiros que caem na armadilha do consumismo e consequente endividamento.

As mesmas pessoas quando ouvem-me a dizer que tem de moderar os seus gastos, diminuir as excentricidades, ficam num dilema, entre manter o Status e ser FC (Financeiramente Competente).
Óbvio que este dilema não tem razão de ser, mas para grande maioria das pessoas é um grande stress.
Pois bem, ouve aqui do Mingos, para tornares-te FC, tens que estar disposto a sacrificar o teu “eu” do passado, aquele que vivia para o exterior, que vivia para os outros, e tens que te focar mais em ti, na tua realidade, naquilo que irá fazer-te progredir. Tu não és o teu passado, não tens que olhar para trás e seguir o que vens a fazer, podes criar um novo caminho para ti. (ui que isto soa mesmo a guru de motivação)

O que é que as pessoas irão pensar? Isso é problema exclusivamente delas. Tu não tens nada a ver com o que as pessoas pensam de ti. Quanto mais cedo meteres isto na tua cabeça, mais facilmente irás romper com o teu passado de gastador, show off - ista, e irás encarar o teu futuro promissor. Nunca é tarde para mudar.
Quero que saibam uma coisinha. Ser FC não quer dizer que não tens direito a excentricidades, claro que tens, porém, irás faze-lo com consciência e sabendo que o resto das contas estão em dia. E digo mais, uma das minhas grandes motivações é saber que se tiver as contas organizadas, sobrará mais dinheiro para gerar dinheiro, e consequentemente terei mais para poder fazer e ter as coisas que sempre sonhei.


Antes de dares o primeiro passo, quero que saibas uma coisa, as pessoas irão gozar contigo, irão falar de ti por adoptares um novo estilo de vida, e já agora, todas as pessoas de sucesso quando começaram a sua jornada, as pessoas riram-se e chamaram-nas de lunáticas... ora quem é que está a rir agora? 

Já me esquecia… fica também a saber, que depois de dares o teu primeiro passo, aguarda-te:
- Não teres mais problemas de falta de dinheiro
- Irás poder fazer aquela viagem que sempre sonhaste
- Estás a ver aquelas avarias e probleminhas que te tiram o sono? Teu Fundo de Emergência irá tratar do assunto por ti.
- Irás tirar mais partido do teu dinheiro, ou seja, irás justificar o porquê de tantas horas a trabalhar
- Mais cedo ou mais tarde irás te tornar naquilo que as pessoas chamam de... hum... “Rico”

Ainda não estás convencido/a?

Espera pelo próximo episódio...

Sem comentários:

Enviar um comentário