quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Falsa imagem financeira, traz problemas financeiros verdadeiros!!

Imaginem o seguinte cenário:
(Qualquer semelhança com a realidade, é pura coincidência)

Estamos em pleno Cafinanças, a tomar o nosso café, num papo intenso, quando reparamos num Audi A4, modelo bem recente, a estacionar. Sai de lá um jovem, pela sua roupa, parece catálogo de revista de moda, só marcas. Senta-se numa mesa, e manda vir um duplo de Blue Label, enquanto espera pelo seu whisky, troca algumas SMS num dos seus Iphone 5.
Logo a seguir, pára ao lado do Audi, um Toyota Vitz (não o modelo recente).
Sai de lá um jovem, não mal vestido, porém suas vestes mostram certa humildade. Senta-se na mesa do jovem do Audi, aperta-lhe a mão, pede um copo de cerveja 2M, e do nada ouve-se uma música, é o seu Nokia 1110 a tocar.

Agora pergunto, qual destes dois jovens vocês diriam que está bem financeiramente?

Sem hesitar, grande parte das pessoas diria que é o jovem do Audi.
Óbvio que já devem estar a prever que irei dar a volta a isto de forma a fazer justiça ao título deste episódio.

E se eu dissesse que o jovem do Audi, está a pagar o carro ao banco, comprou as roupas usando cartão de crédito, os telemóveis que tem foram “oferecidos” quando assinou contrato com a Vodacom (ainda não estou a fazer publicidade, ainda), e na sua conta tem cerca de 10 mil meticais, o mês ainda vai no início, e o tanque do Audi está na reserva. Não tem nenhum tipo de poupança, vive salário a salário! Mora num alto apartamento com vista para o mar, pena estar com 2 meses atrasados na renda.

E se eu dissesse que (já estou a parecer o Azagaia) o jovem do Vitz, tem o carro totalmente pago, afinal juntou dinheiro para compra-lo, o tanque está cheio, o Nokia 1110 é 100% dele, usa cartão pre-pago, logo tem total controlo dos seus gastos. Na sua conta tem 30 mil Meticais. Tem um Fundo de Emergência de 7 meses, tem as suas poupanças em dia, e já agora, a chamada que recebeu era o seu pedreiro a dizer que já acabou de dar os últimos retoques, a casa está pronta, pode mudar-se quando quiser.

Volto a perguntar, qual destes dois jovens vocês diriam que está bem financeiramente?

Repararam que nem precisei de dizer-vos quanto é que cada um deles ganha? Então só para ser malvado, o jovem do Audi ganha 80 paus, e o do Vitz 25 paus.

Falsa imagem financeira

Dar uma imagem falsa imagem financeira é das coisas mais fáceis de fazer, é só vestir roupa de marca, pedir um bom empréstimo e comprar alto carrão, pedir um cartão de crédito (ou ir ao agiota) e passar a “curtir” nos melhores bares da cidade... já está, é só isso.
Infelizmente esta é a realidade da nossa juventude, o vulgarmente chamado “viver de aparências”. Basta sairmos a rua que somos inundados por esta realidade, só que esta "realidade", para quem a vive, é um ciclo vicioso de endividamento que se cura com endividamento. Para manter este estilo de vida é preciso dinheiro, coisa que nem sempre existe, dinheiro que devia estar a ser alocado para áreas onde este realmente faz falta. 

Digo que é um ciclo vicioso, pois mal entra-se nele, somos quase que obrigados a fazer de tudo para mantermo-nos dentro dele, não podemos deixar ficar mal os nossos “admiradores”, afinal, quem vive acima das suas possibilidades, normalmente fá-lo para impressionar terceiros. Dá uma imagem falsa, que lhe traz problemas bem verdadeiros.

Uma das melhores coisas que descobri ao passar a controlar as minhas finanças, foi que nenhum luxo supera a sensação de segurança financeira. Atenção, não sou contra luxos, se tens o suficiente para comprar 5 Audis, serei o primeiro a dizer, COMPRA, porém, se a tua situação financeira não te permite, então NÃO COMPRA, vive com o que tens, sempre com olho em algo melhor, porém, trabalha para tal, com paciencia e dedicação, e um dia lá chegarás.

Sê verdadeiro contigo mesmo(a), quantas vezes te sentiste obrigado (a)a comprar algo caro, para não seres visto(a) como “pobre”?
Eu sei, faz parte da natureza do ser humano, o facto de querermos ser aceites, bem vistos, bem falados, porém, será que vale mesmo a pena sacrificar o teu bem estar, para ficar bem visto(a) aos olhos de terceiros?

“Compramos o que não queremos, com dinheiro que não temos, para impressionar quem não gostamos.” Dave Ramsey

No exemplo dos dois jovens, fui muito radical, mas era só para provar um ponto, ou seja, a imagem que projectamos para o mundo nem sempre reflecte a nossa verdadeira realidade, então não se deixem enganar por ninguém, e nem tentem enganar a ninguém, pois nessa tentativa, a única pessoa enganada és tu, pelo teu próprio EGO.

A minha recomendação é a seguinte, primeiro comecem pela vossa base, estabilidade financeira, depois disso tudo feito, não peçam um duplo, peçam a garrafa toda de Blue Label.

“Viver como ninguém, para mais tarde viver como ninguém.” Dave Ramsey



Já agora, e tu, quem é que gostarias de ser, o jovem do Audi ou o do Toyota?

4 comentários:

  1. muitos diriam que gostariam de ser o jovem do toyota enquanto na realidade desejam a vida do jovem de audi.

    ResponderEliminar
  2. Talvez o maior problema sej aque vivemos para os outros e nao por nos e nem para nos.

    ResponderEliminar
  3. No meu caso a forma de cortar gastos foi cortar meu cartao de credito, gastava demasiado e muitas vezes por coisas futeis, alias o maior erro que cometi foi ter pedido um.

    ResponderEliminar