domingo, 13 de julho de 2014

A única coisa que precisas saber!

Durante esta jornada irei dar-vos o necessário para livrarem-se de dívidas, começarem uma poupança, fundo de emergência (sim, são coisas diferentes, mais a frente irei explicar, vamos com calma), fazer e gerir um orçamento, alocar fundos para a vossa educação e/ou dos vossos filhos, alocar fundos para a vossa obra e/ou compra de casa, aumento salarial, busca de emprego, entrevista de emprego... muito muito mais.
Não vos quero matar com muita literatura logo no primeiro episódio, então peguem num papel e numa caneta (não pode ser lápis, isso é para escolinha).


É perfeitamente normal não sabermos lidar com dinheiro, afinal não se ensina na escola, em casa só falam em dinheiro quando este não existe (na minha era assim, meus pais faziam-me pensar que a qualquer momento íamos ficar sem tecto), com os amigos só abordamos o assunto quando estamos perto do fundo do poço, enfim o dinheiro virou tabu.

Tudo que sabemos sobre Finanças Pessoais, copiamos dos nossos pais, tios, amigos, etc. E há grande probabilidade de eles também não saberem o que estavam a fazer.
Então não sejam maus para com vocês mesmos, é perfeitamente “normal” não saber lidar com dinheiro. O que não é aceitável é não procurar ajuda para melhorar nesse campo. Eu assumi derrota, e procurei ajuda nos livros, webinários e imensos sites na internet que falam sobre este tema.

Só para terem uma ideia, eis uma pequena lista de pessoas que vocês devem conhecer, e são péssimos a lidar com dinheiro. Mike Tyson, Nicolas Cage, Michael Jackson (deixou dívida de mais de 500 milhões USD), Donald Trump (já teve dívida de cerca de 900 milhões USD, porém educou-se financeiramente e agora é multimilionário), Tony Braxton (já declarou falência duas vezes) e Lady Gaga (roupas e acessórios exóticos não são nada baratos).
Irei dar o meu máximo para partilhar tudo que com os experts aprendi, depois experimentei e resultou. Toda jornada começa com um objectivo. A única coisa que vocês precisam saber é que para terem sucesso financeiro precisam ter um objectivo/sonho bem definido.
Pode ser um igual ao meu, que é deixar de trabalhar para terceiros e viajar pelo mundo fora, pode ser querer ter uma reforma relaxada, querer ser rico, abrir um negócio, enfim.

Mas Domingos, porquê ter um objectivo bem definido? Perguntam vocês.
Lidar com dinheiro é 80% comportamento e 20% conhecimento (irei repetir esta frase tantas vezes quanto forem necessárias para ficar bem claro). O que comanda grande parte das nossas decisões é o sentimento, então é nele que temos que mudar, e é aqui que entra o objectivo/sonho, que servirá de motivador para não gastarmos naquele sapato, não pedirmos a próxima rodada, não gastarmos sem pensar (respirem fundo, irão poder gastar dinheiro naquele sapato, e irão pedir a próxima rodada, nos próximos episódios irei falar sobre isto).

O nosso objectivo irá puxar-nos para a realidade, e fazer-nos pensar algo como “Será que vale mesmo a pena gastar nisto e atrasar o meu sonho/objectivo?”
Sem objectivo bem definido, não importa o que eu partilhe com vocês, nada irá mudar.
Tens a caneta e o papel, seja sincero, qual é o teu grande objectivo/sonho na vida? (Treinador de Pokemón não é opção!)

Sem comentários:

Enviar um comentário